Teste sua autoestima: como saber se você tem baixa autoestima?


Autoestima: o encontro do olhar com o espelho!


Você sabe como medir a sua autoestima? Descubra aqui um pouquinho mais sobre você.

Muito tem se falado sobre a importância de ter uma autoestima elevada, mas em primeiro lugar, você sabe o que é autoestima? Pois bem, a definição de autoestima, segundo a Psicologia, é a seguinte:



“A autoestima corresponde ao indivíduo o que ele pensa de si mesmo, qual valor dá aos eventos e situações da vida como pontos positivos ou negativos e a partir daí, se classifica com características positivas ou negativas. Trata-se, portanto, de uma orientação positiva (autoaprovação) ou negativa (depreciação) de voltar-se para si mesmo e, nesta concepção, a autoestima é a representação pessoal dos sentimentos gerais e comuns de autovalor.” (Kernis, 2005)


A avaliação da autoestima de uma pessoa se dá através dessa métrica, onde baixa autoestima significa que a pessoa está tendo uma visão negativa sobre si mesma e autoestima elevada, quando ela consegue se conhecer, de forma que valoriza e reconhece seus defeitos e qualidades e lida com os conflitos. O Autoconhecimento é todo o conjunto que uma pessoa faz do que chamamos que uma visão equilibrada de si mesma.



Aqui, faço uma adaptação da Escala de Autoestima de Rosemberg (EAR), o método usado em Psicologia para medir a autoestima das pessoas como baixa, média e alta autoestima.



1. Quando você acorda, qual o primeiro pensamento que vem à cabeça?

a) Que lindo dia, hoje é um dia pra ser feliz.

b) Se estiver chovendo, vou dormir mais uns minutos, não ligo de chegar atrasada(o) no trabalho.

c) Tenho que levantar, que droga de vida.



2. Quando você se olha no espelho logo após acordar, você pensa:

a) Como estou me sentindo saudável e até mais jovem hoje.

b) Eu estou bem pra idade.

c) Nossa, como estou envelhecidx, e gordx, ou magrx demais.



3) Quando você sente fome:

a) Pensa no que vai preparar pra comer.

b) Come a primeira coisa que tem na geladeira.

c) A comida está pronta mas você faz questão de ir no mercado comprar uma besteira.


4) Quando você conversa com alguém:

a) Ouve mais e só fala quando alguém lhe pergunta qual é a sua opinião sobre o assunto.

b) Sente que precisa falar mais que todo mundo porque precisa expor as suas ideias.

c) Sempre quando fala encontra formas de se colocar como uma pessoa burra ou feia.


5)Sobre amigos, você se considera:

a) Que não tem amigos mas não liga de estar sempre sozinhx.

b) Como Roberto Carlos, com um milhão de amigos...

c) Tem 1 melhor amigo.


6) Sobre organização, você:

a) é uma pessoa que desenvolveu habilidades de organização e atinge boa parte das metas que se propõe durante o seu dia.

b) consegue lidar com afazeres simples do dia-a-dia.

c) vive em um momento tão desorganizado que nem não sabe nem por onde começar o seu dia.


7) Na sua família, você acha que:

a) Eles admiram você pelas suas conquistas e pelo que quer ainda conquistar.

b) Eles pensam que você é uma pessoa fracassada.

c) Eles querem mais que você se dê mal na vida.


8) No trabalho e nos estudos, você se considera:

a) Uma pessoa bem-sucedida e que ainda tem muitos sonhos pela frente.

b) Não gosta do seu trabalho ou do que está estudando mas não sabe se é capaz de mudar de profissão.

c) Tem faltado ao trabalho ou às aulas por não conseguir encarar o dia.


9) Sobre suas emoções, você:

a) Pensa sobre elas e sempre reflete sobre o porquê de sentir aquela emoção.

b) Quando vem uma emoção de irritabilidade, raiva ou medo, não consegue se controlar e explode com quem tiver mais próximo.

c) Se sente um lixo toda vez que vem o sentimento de tristeza ou culpa, e fica remoendo esse sentimento todo o tempo.


10) Sobre a opinião dos outros, você:

a) Se preocupa com o que as pessoas falam de você.

b) Vive de aparência e sempre precisa mostrar uma vida feliz porque vive em função do que vão dizer.

c) Acredita somente nas coisas ruins que falam de você.



Resultado:

Para cada letra A respondida, some 1 ponto.

Para cada letra B respondida, some 2 pontos.

Para cada letra C respondida, some 3 pontos.


Se o seu valor deu entre 10 e 13: Autoestima de média à elevada.


Você é uma pessoa que busca realização pessoal e aprimoramento. Não se abala com mudanças. Na verdade, as encara como um desafio!



Se o seu valor deu entre 14 e 23: Autoestima de média à baixa:


Você tem uma certa estima de você mesmo, mas ainda tem insegurança. Não confia muito mas próprias capacidades, precisando de afirmações externas o tempo todo. Tem grande potencial, mas não avança muito por ter medo de não ser capaz.



Se o seu valor deu 24 ou mais: Autoestima baixíssima:


Você tem sérios problemas de confiança. Não confia em suas próprias capacidades, é inflexível consigo mesmo, achando que é uma pessoa que não merece boas coisas porque deveria ser melhor do que os outros, deveria ser mais capaz, deveria ter superpoderes para nunca errar. É possível que você já esteja desenvolvendo transtornos de ansiedade ou início de depressão.




Aqui vai algumas dicas para começar a sair do buraco:


Autoestima? É pra já! Para o alto e além!!


  • Não aumente tanto suas expectativas em relação a si mesmo.


  • Aceite e celebre suas pequenas vitórias.


  • Aceite elogios.


  • Reclame menos, faça as coisas por você mesmo como se estivesse fazendo para uma pessoa muito querida.


  • Descubra coisas positivas sobre você.


  • Se elogie.


  • Sorria de seus pensamentos, não se julgue.


  • Seja mais leve.


  • Procure esvaziar a mente. Respire. Inspire.


  • Ouça afirmações positivas.


No início, pode ser que você ache que não está funcionando, mas não desista. Logo, você verá resultados positivos e sua mente se abrirá e você vai começar a perceber as oportunidades de viver momentos realmente satisfatórios, conquistas e realização de objetivos e sonhos.


Um abraço e até a próxima!