Tati Eckhardt Sex Coach: Modelo Sensual e Namorada Ciumenta


Tati Eckhardt Sex Coach é fundadora da Sex Coach Brasil


Olá, meus amores! Tudo bem com vocês?

Vamos para mais uma questão que assola os relacionamentos desde a idade da pedra lascada: o velho e indesejado ciúme!


Esta é uma das muitas dúvidas que as pessoas têm e que vêm me pedir conselhos. Esta veio do Curious Cat:


Curious Cat: Como fazer que o companheiro(a) aceite a sua profissão? Me conta como seu marido faz para o ciúmes não “aparecer”. No meu caso não é como o seu, eu sou modelo de fotos e a maioria das fotos eu poso com mulheres. Algumas fotos são de cueca e a minha colega de lingerie. Eu faço tudo profissionalmente, como eu faço para ela não desconfiar de mim e minhas colegas? Eu juro que eu não sei mais o que fazer. Eu gosto muito dela, mas assim eu não aguento quem coloca minha vida contra a minha própria profissão. Me diz como você faz isso é como seu marido é de boa sobre isso. Me ajuda, por favor!

Tati Eckhardt: Olá querido! Entendo sua preocupação. Vamos a sua pergunta.

O ciúme pode ser definido como um sentimento de posse ameaçado pela perda do objeto amado. Daí temos o ciúme que chamamos de normal, cujo maior desejo é preservar o relacionamento, e o patológico haveria o desejo inconsciente da ameaça de um rival, despertando vários sentimentos e desproporcionais, desconfiança excessiva e comportamentos bizarros, gerando significativo prejuízo no relacionamento interpessoal.


Após essa definição, vamos refletir, qual seria o caso da sua esposa? Caso o ciúme dela seja infundado, realmente, você precisa demonstrar segurança a ela, isso só vai acontecer através do diálogo constante, pra ela perceber que ela não vai te perder, etc. Certamente, não terá mudanças significativas com um dia de conversa somente.

Mas se você realmente acha que vale a pena investir na relação, é possível, com muito carinho e paciência fazer ela perceber que você a ama e fazê-la confiar em você independente da sua profissão.


No meu caso, em meu relacionamento, meu marido nunca teve ciúmes. Eu é que era ciumenta e posso te falar que deu muito certo o fato dele ter paciência comigo para eu perceber que ele me ama incondicionalmente e aos poucos fui me libertando do ciúme.

Hoje temos um relacionamento muito mais livre e desapegado, sem esse sentimento de posse, respeitamos a individualidade um do outro. Isso também pode acontecer com vocês. Mas é preciso empenho dos dois lados, precisam cultivar essa relação para ela florescer e dar frutos.


Espero ter ajudado. Se precisar, não deixe de falar. Entre em contato, faça suas perguntas que eu terei o maior prazer em responder. Caso tenha interesse em saber mais do meu trabalho, entre em meu site, conheça os serviços disponíveis para consultorias online. Aproveite e dê uma olhada nas minhas redes sociais e no meu canal no YouTube onde falo de assuntos variados envolvendo sexualidade, relacionamentos e desenvolvimento humano. Abaixo, o conjunto de links que leva você até os meus conteúdos, que está sendo feito com todo carinho para você:


linktr.ee/tatieckhardt

  • White Instagram Icon

Instagram

  • White Twitter Icon

Twitter

  • whats

Whatsapp