Sex Coach Tati Eckhardt responde: a sexualidade da mulher é fluida?


A sexualidade fluida e a liberdade sexual


O assunto de hoje é mais uma reflexão sobre a sexualidade da mulher. É um assunto que precisa ser falado sempre que possível.



Tenho percebido de perto como o preconceito ainda existe em relação ao comportamento das mulheres. Tudo vira evidência. Mas certamente, sei que nada disso é novidade.



Por causa das mudanças que estão ocorrendo na sociedade em relação à sexualidade feminina, a liberdade sexual das mulheres, agora mais que nunca, vejo o medo estampado no rosto de homens heterossexuais que simplesmente não sabem o que fazer, quando começam a ver mulheres não dando a mínima importância mais para o que eles irão dizer ou aprovar, como era antes. Vejo homens que se sentem tão ameaçados que entram em crises existenciais.



Enfim, é de extrema importância ressaltar esses temas, pois é pela expansão de nossa consciência que iremos realizar mudanças significativas para vivermos numa sociedade mais justa.



A seguir um resumo da minha conversa, no Curious Cat:



Curious Cat: Tenho uma dúvida, as mulheres tem a sexualidade fluída? Numa parte da vida elas são totalmente hétero, depois de uns anos lésbica, tipo, não sente mais atração, depois de maisss uns anos, volta a gostar de homem. Escutei várias histórias assim. Procede?



Sex Coach Brasil: Essa sua dúvida é muito interessante. Mas para respondê-la, preciso voltar um tempinho atrás na história para você entender.


Vamos lá, me acompanha…



Se formos comparar a passagem de tempo na história, a partir do início do século XX, qualquer atividade sexual que não fosse com finalidade para a reprodução, era tida como perversão.



A Revolução Sexual, em boa parte foi atribuída aos estudos de Freud sobre a liberação sexual e questões psicossexuais. A partir daí, a liberação sexual começou a ter uma aceitação maior em relações que não eram monogâmicas e heterossexuais, ou seja, fora do casamento tradicional entre homem e mulher. E nessa época também, os contraceptivos e as pílulas anticoncepcionais deram um pouco mais de liberdade à mulher. A homossexualidade que era considerada uma doença, começou a ficar mais comum, além de outras formas de atividade sexual.



Agora, vamos avançar um pouquinho mais na história. Entre 1960 e 1970, houve a era da Paz e Amor, do Movimento Hippie, do Amor Livre, ou seja, o movimento social que rejeita o casamento e acredita no amor sem posse, controle ou nome, dentre outras coisas.



Pois bem, diante de tudo isso, uma mulher decente e respeitável não poderia se parecer com mulheres que se consideravam livres, pois mulher livre era mulher puta, exatamente assim.



A liberdade e autonomia da sexualidade de uma mulher está anos-luz da liberdade e autonomia da sexualidade de um homem.



As mulheres casavam virgem, passavam a vida tendo filhos e sendo objeto de depósito de esperma para satisfazer ao marido, e morriam conhecendo somente um homem, sem nunca ter tido um orgasmo na vida.



Agora estamos vivendo uma espécie de Segunda Revolução Sexual, onde a mulher está tendo um pouco mais de liberdade e o fato de elas começarem a perceber que merecem ter prazer, que precisam se conhecer e saber exatamente o que gostam, gera um pouco de medo e confusão, pois a maioria ainda não sabe nem o que gosta, tanto que foram longos anos de repressão.



Desde a puberdade, a menina tem que ser comportada, não pode se tocar, não pode um monte coisas e algumas crescem e começam a dar foda-se para o que pensam delas, pois ainda hoje, sim ainda hoje, em pleno 2019 quase 2020, vão chamá-la de puta se ela for uma mulher totalmente livre.



Retomando a sua pergunta, quando você fala que as mulheres são fluidas, elas na verdade, estão se descobrindo. E se tiverem a coragem de quebrar as correntes do tabu da sociedade em relação ao próprio sexo, o que vai acontecer é o seguinte: ela vai começar a experimentar, mesmo após, talvez, ter vivido anos em um casamento falido e sem sexo de qualidade. E experimentando, ela pode perceber-se bissexual, ou lésbica, ou mesmo hétero que vivenciou algumas coisas por curiosidade e viu que não gostou, ou até pode não querer se definir sexualmente, afinal, ela é livre, não é verdade?



Agora, diante de tudo isso, se você questiona somente o porquê de uma mulher ter um comportamento que para você, parece fluido, pegando somente um recorte da história, realmente você jamais vai entender, pois esse é exatamente o presente. Não conseguimos entender a nossa história, o comportamento social atual, sem olharmos o passado histórico para entendermos o que está acontecendo e o que virá, como consequência do que fazemos hoje.



O que você está vivendo, o que todos nós estamos vivendo, é essa revolução sexual e ela vai passar por nós de qualquer forma, independente se queremos ou não, e para entender, temos que ter um olhar um pouco mais abrangente sobre as coisas porque senão realmente ficaremos confusos e perdidos, alienados ao nosso tempo.



Na verdade, o que precisamos fazer é exatamente o que estamos fazendo aqui, discutir o assunto sobre sexualidade, sobre a orientação sexual das mulheres e a liberdade de escolha delas de escolherem com quem desejam se relacionar e também a compreender do que é identidade de gênero e do fato de que existem pessoas que nem mesmo se identificam com o gênero que nasceram, e não se encaixam no padrão homem-mulher, os chamados não-binários.



O mais importante de tudo é o respeito e para respeitar sinceramente, e não da boca pra fora, precisamos entender e para entender precisamos aprender, discutir, expandir nossa consciência.



Enfim, sobre tudo isso tem assunto de monte para discutirmos, e se tiver interesse em perguntar sobre esse assunto e outros que envolvem sexualidade, relacionamentos, comportamento social, fique à vontade para perguntar. Espero poder ajudar sempre.


Gostou do meu conteúdo?



Não perca tempo de transformar a sua vida hoje e me contrate para ser a sua Sex Coach!

Se você tem vontade de melhorar a sua vida no sentido de desenvolver-se interiormente, afetivamente, profissionalmente e sexualmente, ou seja, em seus relacionamentos interpessoais e intrapessoais, em sua plenitude, entre em contato para saber mais como é o meu trabalho. Te explico com todos os detalhes.



Quem sabe você esteja precisando de uma ajuda especializada para tornar a sua vida, principalmente a sexual, incrível?



Entre agora pelo WhatsApp (48) 984613629 e faça o seu orçamento.



Bjkas e até a próxima.😘



  • White Instagram Icon

Instagram

  • White Twitter Icon

Twitter

  • whats

Whatsapp