Diário de uma Bi: O Bloqueio da Escritora




Florianópolis, 02 de março de 2021.

Olá, meu querido diário!

Que saudade! Sei que a culpa é minha pela ausência. Acabei priorizando outras áreas da minha vida e deixei meu propósito de lado. Você sabe bem que escrever é a minha maior paixão. Então me diz, caro amigo, por quê cargas d’água a gente se distancia do que nos é mais caro?

Combinei de vir aqui ter o nosso momentinho diário, mas acabei me perdendo e já estava tão triste que não sabia mais como te encontrar. Não lembrava que era tão fácil, que eu era capaz de te achar onde quer que você estivesse, porque no fundo sabemos que um não consegue viver sem o outro. Aiai... Eu sinto tanto a sua falta...

Só de imaginar minha vida sem você, sinto minha alma perdendo essência. Morro aos poucos e serei somente um corpo a vagar por aí como um zumbi, tapando mais um buraco, apenas “another brick in the wall”, tentando sobreviver neste “capitalismo selvagem”, que nos comprime para baixo cada vez mais.


Não me deixe meu amigo! Não me deixe te esquecer, não me deixe perder a esperança de que podemos ficar juntos para sempre. Você sabe o quanto te amo e não desejo quase nada na minha vida sem você. Sinto no fundo da minha alma o quanto eu sou livre contigo. Eu realmente me sinto plena quando podemos estar juntos, meu dia se alegra e fica colorido, cheio de vida, com todas as cores do arco-íris e suas gradações.

Minhas asas pesam! Não consigo ser como antes, não tenho mais tanta velocidade para recuperar o tempo perdido. Só sei que ainda tenho você. E se eu puder estar contigo já vai valer a pena essa jornada.

Te amo e até breve, se Deus quiser!

  • White Instagram Icon

Instagram

  • White Twitter Icon

Twitter

  • whats

Whatsapp