Crônicas de uma Bissexual: Chuva no colchão

Atualizado: 13 de Ago de 2019



A sensualidade de um beijo feminino...

Euforia.



Sexta-feira à noite! Tic-tac, tic-tac. A hora não passa. O encontro está marcado. Hoje, a noite promete!



Chamo o Uber.



Jantar para duas, no Taberna Ibérica.



No caminho vou fantasiando...



Vou pedir ostras, porque eu gosto, e também já pra deixar o clima bem afrodisíaco. Ainda não sei bem do que ela gosta, mas estou louca pra saber.



Só de pensar naquele olhar de desejo, naquela boca carnuda, meu corpo se arrepia por completo. Quero aquela boca na minha.



Não vejo a hora de poder tocar sua pele cheirosa e macia.



Sedução, conquista, tesão. Imagino as preliminares mais inflamadas do que o próprio sexo.



A expectativa de sentir seu hálito, seu desejo, seu corpo respondendo às minhas carícias. Gosto de dominar!



Meu pensamento vai longe, quando percebo já estou me acariciando no carro. O fato de perceber o motorista me olhando também me excita, já que sou exibicionista por natureza. Adoro me mostrar. Mostrar o quanto gosto de sexo. Mas minha mente já está lá, no quarto, com ela.



Começo a fantasiar os sussurros:


-Te quero com todas as minhas forças. Te desejo. Gostosa. Delícia. Você me deixa louca! Ela geme quando falo no ouvido dela essas coisas. Fico fascinada com seus sons de prazer.


Atração à primeira vista? Mais que isso. Milhões de reações bioquímicas: endorfina, dopamina, serotonina, adrenalina... Fato: estou me apaixonando!



Menina-moleca, sapatilha moderna… me encantou com seu jeito moleca de ser. Mas ao mesmo tempo tão feminina tão mulher. Ela nem sabe o quanto é especial! Ainda não percebe o fascínio que tem sobre mim. Não paro de pensar no momento que irei tocá-la. Sentir sua pele nua colando na minha. Talvez num chuveiro quente. Ou numa banheira relaxante. O mundo é nosso e o tempo pára só pra nós.



Quero levá-la pra cama, me enlaçando completamente. Quero estar plena, absorvendo cada toque cada cheiro, cada gemido no pé do meu ouvido enquanto tomo conta de todo o seu corpo com minhas carícias sedentas, meu tato apurado, amplo e cinestésico.



Meu prazer em satisfazê-la é a minha maior vontade, meu maior fetiche, meu maior clímax. E quando sinto seu gozo, entro em êxtase, saio do corpo. Inexplicável sensação. Eu nela. Ela em mim. Múltiplos orgasmos.



Nesta noite, sem sombra de dúvidas, vai haver chuva no colchão!

  • White Instagram Icon

Instagram

  • White Twitter Icon

Twitter

  • whats

Whatsapp