Crônica de uma Bissexual: Sedução e Conquista

Atualizado: 8 de Jul de 2019


Duas mulheres se beijando: Não há nada mais excitante!

Foi uma noite agradável. Na verdade, foi uma noite espetacular!



Comecei o dia às cinco e meia da manhã, para treinar Tae Kwon Do, vendo o sol nascer. Era um sábado de inverno bem frio. Mas o sol, imponente, se mostrou para mim, tão exibido, que me deixou encantada. Meditar, contemplar a natureza, faz parte do meu treinamento e se tornou também parte de quem eu sou.



Após o treino, muitos planos… Um sábado para comemorar muitas conquistas.



Planos para sábado à noite: sair e curtir com meu marido (amor da minha vida, diga-se de passagem) e amigos.



Entramos num restaurante bem aconchegante. O frio ficou lá fora. Logo que nos acomodamos na mesa, me aparece ela, a Kérolin. Veio anotar os pedidos e eu a achei linda.



Que sorriso, naquele batom vinho escuro combinando perfeitamente com sua pele morena.

Essa imagem prontamente me remeteu ao sexo. Consegui imaginar mil fantasias que eu poderia realizar com ela.



Após o pedido, todos voltando para suas conversas, mas minha atenção voltou-se para um ponto específico: o local onde ela estava. Entre idas e vindas, vinhos e massas, um assunto aqui, outro ali… de repente, percebi o olhar na minha direção.



O coração disparou, ali eu tive certeza que começava um joguinho de sedução. Um flerte aqui, outro ali. Mais um vinho, mais contato visual. A libido aflorando. E eu? Tão à flor da pele, “que a minha pele tem o fogo do juízo final”.



Banheiro para retocar a maquiagem. Demorei um pouquinho, na esperança de ver aquele olhar de novo. Não deu outra. Ela entrou no banheiro e veio na minha direção sorrindo. Eu fui de encontro… fogos de artifício!



Não houve palavras. Fui enlaçando meu corpo no dela e nos beijamos vorazmente. A química perfeita. Corpos se tocando, se esfregando. Muito desejo. Enquanto eu a beijava, passava a mão na sua nuca, enfiava os meus dedos entre os cabelos dela. Muito bem hidratados, por sinal.



Enquanto sentia seu cheiro, a excitação aumentava e eu a encostei na parede e fui acariciando seu corpo. Ela recebeu todas as minhas carícias com gemidos. Pude sentir o quanto ela estava excitada. Precisávamos de mais tempo e privacidade…



Uma menina linda. Certamente eu queria mais daquilo e ela também...



Enfim, voltamos aos nossos compromissos: eu com meu marido e amigos e ela trabalhando. O segredo deixava o fato mais excitante.



No fim da noite, telefones pra lá e pra cá e...



depois eu conto as cenas do próximo capítulo.



Um abraço e até a próxima!😉

  • White Instagram Icon

Instagram

  • White Twitter Icon

Twitter

  • whats

Whatsapp